Túlio Dias ou T. Dias

Não queremos ser exagerados, mas se Deus fosse criar ou recriar o planeta Terra, certamente iria querer ter ao seu lado o artista plástico Túlio Dias, que dispõe de uma precisão e paciência que é para poucos no mesmo ramos, ele consegue retratar cada detalhe da natureza como se fosse o próprio Criador do Céu e da Terra. Veja quanta harmonia no seguinte vídeo…

Túlio Dias

Nascido no ano de 1963 na cidade de Belo Horizonte Minas Gerais, nas palavras de Edmundo Machado, Túlio Dias é um homem de porte grande, sorriso franco, olhar alegre, de bem com a vida, um dos maiores nomes da arte brasileira e que dispensa exaltações devido ao enorme prestígio que goza junto as galerias, colecionadores e críticos de arte.

O início de Túlio na pintura é uma história típica dos gênios e daqueles que já vêm predestinados a um lugar ao sol. Na adolescência recebeu de sua mãe uma determinada quantia para comprar uma calça nova como presente de Natal e, ao contrário de adquirir a calça que precisava, entrou em uma loja e comprou material de pintura, que incluía uns poucos pincéis, poucas tintas e duas telas pequenas. Evidente que ao chegar á casa com tintas ao invés da calça, levou umas palmadas da mãe.

Nesta mesma época, face as dificuldades, seu cavalete era a parede, onde cerca de dez pregos em diversas alturas estabeleciam o espaço e onde Túlio pintava em pé. Ainda neste período, pela ausência de dinheiro para adquirir telas, pintou muita obra em tábua de caixote de uvas que achava pelas ruas e em muito Eucatex com base branca que uma gentil senhora sempre lhe dava.

Dados os primeiros passos Túlio Dias deslanchou no mundo das artes plásticas e expandiu seu mundo de cores. Os pintores Rui de Paula e Mauro Ferreira muito influenciaram em sua formação artística, seguidos do mestre Wilson Vicente e de Cláudio Vinicius, sendo que deste último Túlio sempre diz que “-Ver o Cláudio pintar me inspira. Com ele aprendi a enxergar o desenho das cores.”

As telas de Túlio Dias não comportam uma descrição sistemática devido a diversidade de inspiração e de tradição imposta em cada obra, como brindando a vida e espalhando a luz. Sua temática interiorana é extremamente forte e poderosa, vez que as folhas têm movimento, a grama tem cheiro, a água barulho, o que transporta o observador para dentro da obra.

Túlio Dias se introduziu no caminho das Artes, com uma exposição realizada na Galeria Paraíso Artístico, nos anos de 1980. Era uma época onde ainda assinava T. Dias e quando teve a oportunidade de compartilhar um ambiente favoravelmente artístico. Isto porque, também era a “época de ouro” da pintura de Edgar Walter, e indiretamente as influências de sua obra já haviam alcançado Túlio. Rui de Paula e Mauro Ferreira, conforme citado anteriormente já estavam consolidados no mercado nesse período, como grandes artistas que viriam a influenciar seus trabalhos, após com estabelecer os primeiros contatos no final da década de 80.

Já filiado ao Sindicato dos Artistas Plásticos de Minas Gerais desde 1987, em seus conhecimentos ampliados com Wilson Vicente, em 1991. Ampliou ainda outras técnicas em 1992, quando conhece também dois grandes expoentes da pintura mineira daquela época, Cláudio Vinicius e
Helvécio Morais.

Já desde aquele período, a temática da obra de Túlio Dias se desenvolvia entre paisagens, naturezas-mortas, marinhas e cenas cotidianas rurais, com ênfase para as primeira e última citadas. Mais definido estilisticamente, e com a temática quase sempre paisagística e predominantemente mineira, começa em 1994 a trabalhar com a Galeria Paiva Frade, em São Lourenço.

Em 1997 teria os trabalhos representados também pela Galeria de Artes Rugendas, do marchand Vítor Braga, de Belo Horizonte. Solidifica, nesse período, mais uma representação de trabalhos seus na Menegatti Galeria de Arte, em Vitória, Espírito Santo.Desde 1988, iniciou sua participação no catálogo “Dicionário de Artes Plásticas Brasil-Júlio Louzada”, participando do Volume 3. Uma série de outras galerias espalhadas pelo Brasil, representam atualmente seus trabalhos.

Nas fotos abaixo uma simples visão anual do que este magistral artista produz e o motivo pelo qual tem obras já incluídas em coleções importantes no exterior e a mais completa justificativa de estar sendo aplaudido pelos quatro cantos do mundo.

Conheça algumas obras de Arte de Túlio Dias

Artigos Relacionados

thumbnail
hover

Nike Inc.

Quem conhece a Nike deseja seus produtos e, dificilmente alguém que não a conheça, pois é a maior empresa em venda de material desportiv...

thumbnail
hover

Clara Alice Pantaleão Ribeiro

Clara Alice Pantaleão Ribeiro ama a arte e o design e tem andamento na graduação em Artes Visuais - Design Gráfico na Universidade Feder...

thumbnail
hover

Daniel Marx

Daniel Marques da Costa ou como conhecido Daniel Marx é pós graduado em criação publicitária e planejamento de propaganda, com formaç...